Como acordar cedo para malhar no frio

Temos, numa mesma frase, uma série de desafios: 1. acordar cedo,  2. acordar cedo no inverno, 3. malhar, 4. malhar cedo, 5. malhar com sono e com frio e, no meu caso, acrescentamos mais um desafio para a lista 6. voltar a malhar. Cedo. Com frio. Acordando antes do sol. Sifudê.

Por motivos diversos, que envolvem razões médicas, emocionais, de tempo e de preguicite, eu estou há uns 4 meses parada e a única maratona que ando fazendo é a de séries na Netflix. Voltei à dieta e é hora de voltar a me exercitar. Decidi que ia voltar para o tênis e me inscrever numa assessoria esportiva dessas na praia. Começou a chover e nunca mais parou (mentira, parou. Mas por um momento achei que nunca mais ia parar e que estava fadada a viver os restos dos meus dias numa espécie de Macondo olímpica). Então me inscrevi na academia. Lá não chove e acho que já tem filial da Smart Fit até em Macondo. Não tem desculpa. Mas eu entrei num looping desenhado abaixo que estava difícil de ser quebrado:

sagademalharnofrio
Como proceder pra sair desse círculo?

Bom, aí tive que para apelar para umas técnicas, que compartilho com vocês. Não é bonito, não é agradável, mas é algo bem parecido com uma salada de folhas: ruim, mas necessário.

 1. Tenha tudo pronto. Antes de ir dormir, deixe tudo o que você precisa para ir malhar perto da sua cama: a sua roupa, bolsa de ginástica e, se possível, deixe até o café da manhã pronto na noite anterior. Quando o despertador tocar, é se levantar, vestir a roupa, tomar café e se mandar. Antes que seu cérebro pense: “só mais cinco minutinhos“.

2. Esqueça a função soneca. O despertador tocou, levanta. Vai no automático. Nada de soneca. Nada de dormir mais cinco minutinhos.

3. Ponha o despertador longe. Bom, se você é uma/um “apertador de soneca crônico” – essa doença existe, apesar de os médicos dizerem o contrário, e EU SEI DISSO porque EU SOFRO DELA – deixe o celular ou seu despertador longe de você. Isso vai obrigá-la/o a se levantar para desligá-lo. O que vai dificultar a sua desculpa dos “só mais cinco minutinhos“. Você vai acordar xingando todas as suas gerações. Mas xingamentos são bons, apesar de dizerem pra você acordar com bom humor. Esqueça. Não existe acordar cedo de bom humor. Xingamentos vão te manter acordada/o. Agora não volte pra cama e vista a roupa de malhar, que vai estar ao lado de despertador. Pode se vestir xingando, não tem problema, não.

neve2
O vovô sai para correr na neve colocando a pança pra jogo e você reclamando de 15 graus? Faça-me o favor!

4. Não é uma escolha. Ir trabalhar não é uma escolha (a não ser que você tenha ganhado a Mega-Sena). Escovar os dentes, tomar banho, fazer xixi…também não são escolhas. Aprenda o seguinte: se exercitar também não é uma escolha. Se a única hora que você tem para malhar é de manhã bem cedo, então assim será. É obrigação. Se o seu chefe te manda chegar às 6h ao trabalho, você vai xingar, mas vai dar um jeito de estar no emprego na hora. Faça o mesmo com a academia. SUPINO IS MY NEW BOSS é seu novo mantra. Aceita que dói menos.

5. “Ah, mas ainda está escuro de tão cedo que acordei”. Já inventaram a eletricidade. As ruas tem postes. Anda.

6. “ah, mas está muito frio”. Sabe o que é bom para passar o frio? Suar. E quer uma motivação extra para malhar no frio? Emagrece mais que malhar no calor. Como o corpo precisa ficar aquecido, o metabolismo acelera para alcançar mais rapidamente a temperatura ideal. Na prática, isso significa que 20 minutos na esteira no inverno vão queimar mais calorias que 20 minutos na esteira no verão.

neve
Viu como as pessoas são felizes correndo no frio? Não sei como, mas pode acontecer com você! Tenha fé!16

Veja opções de lanches saudáveis para levar ao trabalho

Eu prometi que na segunda entraria na dieta. No meio da tarde, no meio do trabalho, bateu a fome e desci para fazer um lanche. Tapioca com recheio de muçarela, tomate e orégano. Adeus, dieta V.1. Pra compensar, decidi jantar salada. Passei no mercado para as compras porque saberia que encontraria estrogonofe em casa. Jantei salada. E estrogonofe. E depois deitei pra ver um filme e fiz pipoca. De sobremesa, comi uma maçã “pra compensar”. Adeus, dieta V. 2.

Na terça, prometi que não deixaria para a próxima segunda a dieta. No meio da tarde, bateu a fome. Desci para fazer um lanche. Comprei rissole de camarão.  Adeus, dieta V.3. Em seguida, teve aniversário no trabalho. Bolo, guaraná, muito doce pra você. Adeus, dieta V.4.

Ok, cansei, de quarta não passa. E não passou.

Qual a diferença para as outras tentativas? Ter os lanches da tarde à mão. VAI ACORDAR 20 MINUTOS MAIS CEDO PARA PREPARAR A MARMITA, SIM! Acordei. Preparei. Cheguei ao trabalho mais atrasada que de costume, mas com a lancheira a tiracolo. E, olha, vou te dizer, ter lanchinhos saudáveis por perto faz toda a diferença!

Então tive a ideia para esse post, com sugestões de lanchinhos para levar na marmita para o trabalho. (lanches que faço: um entre café da manhã e almoço, e dois à tarde, entre o almoço e o jantar):

  • Iogurte desnatado ou lacfree + 1 fatia de queijo minas frescal
  • Uma fatia de pão sírio integral com homus tahine + 200 ml de água de coco
  • 1 polenguinho light + duas castanhas do pará
  • Dois damascos + 5 cookies integrais
  • Uma fatia de pão de forma integral com pasta de atum + chá de hibisco
  • 200 ml de colágeno hidrolisado com sabor + bananada sem açúcar
  • Salada de frutas com granola light
  • 1 maçã + gelatina
  • 300 ml de açaí batido sem o xarope (não vale todos os dias!)
  • 1 banana + 20g de chocolate meio amargo

lanchessaudaveis